1 de mai de 2013

Resenha: Eclipse


Creditos: We Love It
Bom, vamos logo tirar todas essas teias de aranha e limpar toda a poeira do blog, pra acabar de vez com essa fase abandonada dele.  Mas o que achamde uma resenha nova? Essa será do livro Eclipse da Stephenie Meyer, a terceira parte da Saga Crepúsculo.

O livro não é meu, peguei ele emprestado de uma colega porque não tinha nada para ler. Eu não sou muito fã de Crepúsculo, mas também não sou uma Hater. Apenas gosto parcialmente da serie. Para ser mais claro, eu gosto é do JACOB.
Esse é o primeiro livro da serie que eu leio, e acho que vai ser o único. Como eu já assisti todos os filmes, perde a graça pois já sei de tudo que vai acontecer, mesmo que tenha algumas partes que não apareçam no filme nos livros. Além do mais, o livro transborda romance e aquela “melação” que eu não gosto. Meu gosto sempre opta por aventura, suspense, luta e tudo isso só acontece do meio do livro para o final, o resto é romance.
Tudo começa depois do final de Lua Nova, mas agora, uma onda de desaparecimentos e assassinatos estão assustando Seattle, e os Cullen acham que são causados por vampiros recém criados. Nossa protagonista continua sendo ameaçada por Victoria, pois Edward matou seu amado James e ela deseja vingança, por isso quer matar Bella. Ela não esta mais indecisa entre escolher o vampiro que brilha ou o lobisomem gostoso (#partiu #suspiro #ataque de fã #ele #é #meu #suas #bitch #recalcadas #TO ZUANDO GENTE). Ela está decidida que quer se transformar e ficar com o vampiro, sem dar o mínimo de chances para o Jake. Acredito que ela deveria aproveitar a vida, sei lá! Curtir, tentar conhecer outras pessoas antes de ter uma escolha fixa, é experimentar e ver qual é a melhor escolha.
Eu acho que tanto o livro quanto o filme são iguais ao Lua Nova, não interferem muito na historia e nada de muito importante que comprometa definitivamente a historia acontece: Ninguém realmente importante na serie morre, nada muda, a Bella não se transforma em vampira e as cenas do Edward em toda aquela superproteção excessiva enchem o saco. Meu! Como os vilões poderão fazer alguma coisa com a Bella para dar mais animo e ação ao livro se você não desgruda 1 milésimo de segundo? Quando ele sai, deixa a pobre da Alice de vigia ou qualquer um dos seus irmãos para protegê-la. Assim não dá. Como ela vai fazer as suas burradas? Aff.
A narrativa da historia é em primeira pessoa e feita pela Bella. O Epilogo é narrado por Jacob. Os modos em como as cenas são descritas são bons. Meyer fez um bom trabalho principalmente nesse ponto. A única coisa que não me agradou foi a historia. 

Classificação:


2 comentários:

  1. Adorei a resenha, Gioh! Estava começando a ficar preocupada com o seu sumiço, mas ainda bem que voltou a ativa! Ah, e quando tiver um tempinho, será que poderia visitar meu blog novo? Também estou fazendo algumas resenhas, e gostaria da sua opinião! Aqui o link:
    guerreiraadolescente.blogspot.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Leh. Eu vou voltar sim. Eu amei seu novo blog, o lay é lindo, as resenhas são otimas... enfim, tudo perfeito! Amei. Bjos

      Excluir